Netanyahu ao governo brasileiro: Não indicamos outro, só Dayan

 

O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, dá o recado: Se Dani Dayan não for aceito por Brasília, não haverá outro enviado.

 

O confronto diplomático se agrava: O primeiro ministro, Netanyahu, decidiu que mesmo que o Brasil recuse-se a aprovar a nomeação do ex -prefeito do conselho YESHA (representante dos 500 mil colonos israelenses na Cisjordania e em Jerusalém Oriental), como embaixador em Brasília, a resposta prática será reduzir o nível de representação de Israel no Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Netanyahu mantém a nomeação de Dayan, mesmo que o Brasil recuse-se a aprovar e mesmo se por enquanto será nomeado para outro cargo diplomático, ele permanecerá o candidato israelense ao cargo de embaixador e não será subistituído por outro.

 

O Ministério das Relações Exteriores em Israel, andou acusando ultimamente o Brasil no atraso da nomeação de Dani Dayan como embaixador de Israel por razões de boicote pessoal. Na semana passada o mesmo, Dayan, abordou o assunto: " a questão se eu serei ou não o novo embaixador não é de grande importancia, e sim se o próximo colono canditado ao cargo poderá assumir um cargo dimplomático, ou se devemos aceitar que 700 mil israelenses são impróprios a serem embaixadores".

 

" Um mes atrás a previsão era que o caso seria resolvido- ambos em Jerusalém e na minha casa no Shomron, e por isso permanecemos quietos", acrecentou. " Há uma ilusão de ótica- acham que este é um assunto mútuo entre Israel e Brasil, mas o Brasil encontrou-se fazendo parte, e não ao seu favor, do assunto do BDS (Boycott, Divestment and Sanctions)".

 

"Da mesma forma que Israel  se opôs ao boicote de marcação de produtos, o mesmo faz contra a marcação de seres humanos", acrecentou, "marcação de seres humanos é mais grave do que marcação de produtos, é um nível além. Em minha opinião o governo israelense deve determinar uma posiçao a esse assunto". Dayan comentou que recusou-se a discutir o assunto pela esperança que ia ser solucionado, mas "entendi que se trata de uma questão de princípio e política. Acredito ser a pessoa certa ao cargo".

 

Fonte: Mako News

Traduzido por Yamit Cohen

 

Telefone

+972 3 629-6048

Endereço:

29 Hamered Street, 4 floor

Tel Aviv - Israel 

P.O.B 20425

E-mail 

contact@israel-brazil.org